Métodos de controle intestinal

Sobre

Oclusor/Obturador de colostomia

O uso do oclusor/obturador é um método para controle da colostomia descendente ou sigmoide, resultando na suspensão do uso do equipamento coletor. O oclusor/obturador de colostomia consiste em um dispositivo tipo tampão, flexível, descartável, usado para ocluir a colostomia, possibilitando controlar a eliminação do efluente. Em sua parte central, constitui-se por uma espuma de poliuretano com capacidade de expandir-se dentro da estomia e filtro de carvão, para absorver o odor e auxiliar na redução do ruído causado pela eliminação dos gases.  (BORGES; RIBEIRO, 2015; PAULA; CESARETTI, 2014c; SANTOS; CESARETTI; LIMA, 2015). 

Oclusor/obturador

Como na irrigação, a indicação do uso do oclusor/obturador também é responsabilidade do médico, e as orientações ao colostomizado são realizadas pelo enfermeiro responsável pelo processo educativo para o autocuidado. O uso do oclusor/obturador poderá não estar associado à irrigação do cólon. No entanto, a maioria

dos pacientes utiliza-o quando associado à irrigação. (BORGES; RIBEIRO, 2015; PAULA; CESARETTI, 2014c; SANTOS; CESARETTI; LIMA, 2015).

Assim, para fazer uso do oclusor/obturador, a pessoa também passa por uma avaliação que envolve parâmetros relacionados às suas condições físicas e emocionais. A avaliação física deve ser feita com base nos critérios referentes à pessoa colostomizada e à colostomia. Na avaliação do aspecto emocional, deve-se considerar as expectativas dessa pessoa quanto ao uso do dispositivo Oclusor/obturador. No quadro ao lado são descritos os critérios de indicação e contraindicação obturador desse método.(BORGES; RIBEIRO, 2015; PAULA; CESARETTI, 2014c; SANTOS; CESARETTI; LIMA, 2015).

Critério
O paciente deve ter destreza manual e habilidade mental.
Peso corporal acima de 40 kg e altura superior a 1m 60cm*.
Colostomia terminal, de uma boca, no cólon descendente ou sigmoide.
Colostomia com diâmetro externo de 20 mm a 45 mm e protrusão de até 25 mm.
O efluente com fezes de consistência pastosa, com padrão de eliminação intestinal regular de até três vezes ao dia.
É contra indicado quando a pessoa tem síndrome do cólon irritável, doença inflamatória intestinal, prolapso de alça, estenose ou hérnia paraestomal grande.

Legenda: * Os dados antropométricos oferecem subsídios para a escolha do comprimento do cilindro do oclusor/obturador

Vantagens e desvantagens do oclusor/obturador

Vantagens
Desvantagens
Discreto, de fácil colocação e remoção;
Na fase de adaptação, pode ocorrer a expulsão do oclusor/obturador e o vazamento de gases e/ou fezes;
Promove a autoconfiança, o reforço positivo da autoimagem, a independência e a participação em atividades sociais;
Pode ocorrer dor em cólica ou sensação de intestino cheio.
Quando associado à irrigação, poderá abolir o uso da bolsa. Caso contrário poderá substitui-la por até 12h/dia;
Elimina o ruído dos gases intestinais e filtra o odor das eliminações.

Considerações para a escolha do oclusor/obturador, considerando o diâmetro e o tamanho da estomia:

1

O cilindro do oclusor/obturador mede 35 mm ou 45 mm de comprimento.

A seleção do tamanho do cilindro deve ser feita com base na relação das medidas de peso e altura, de acordo com o gráfico proposto pelo fabricante.

2

Recomenda-se escolher a base adesiva com recorte de 20 mm a 35 mm ou de 35 mm a 45 mm, conforme o diâmetro da estomia.

Gráfico peso/altura para escolha do tamanho do comprimento do cilindro do oclusor/obturador

Usar 45mm

Usar 35mm

Sessões de treinamento para utilizar o oclusor/obturador

Inicialmente, o processo educativo consiste em três sessões, que devem ser programadas, sempre no mesmo horário e em dias consecutivos, conforme apresentado nos itens abaixo.

1

Inicialmente é apresentado o oclusor/obturador, demonstrando os passos da técnica, precedida de explanação sobre o procedimento.

São utilizados recursos, tais como: fotos, vídeos e outros.

O processo de colocação do oclutor/obturador é realizado pelo enfermeiro.

2

Constatação dos resultados obtidos com o uso do oclusor/obturador no primeiro dia.

Revisão da técnica, com esforço dos principais pontos a serem observados.

Nesta etapa o processo de colocação do oclusor/obturador será realizado pelo usuário, com auxílio do enfermeiro.

3

Relato da experiência do uso do oclusor/obturador.

Revisão da técnica.

Avaliação da competência do uso do oclusor/obturador sem auxílio.

Colocação do oclusor/obturador pelo usuário com ou sem auxílio do enfermeiro.

Serão agendadas novas sessões se houver a necessidade.

Tempo de permanência do oclusor/obturador

O tempo de permanência do oclusor/obturador é estabelecido periodicamente e depende de estar ou não associado à irrigação, conforme descrito no quadro abaixo.

Período/semanas
Tempo de uso: SEM irrigação
Tempo de uso: COM irrigação
Primeira semana
4h/dia
4 a 6h/dia
Segunda semana
6h/dia
8 a 10h/dia
Terceira semana
8h/dia
Intervalo entre irrigações
Quarta semana
10 a 12h/dia

Ao ser considerado apto para usar o oclusor/obturador, a pessoa executa sozinha o processo em seu domicílio, retornando ao ambulatório uma vez por semana, até a adaptação ao uso. (BORGES; RIBEIRO, 2015; PAULA; CESARETTI, 2014c; SANTOS; CESARETTI; LIMA, 2015).

 

A restauração da continência em pessoas com colostomia tem sido considerada etapa importante na reabilitação. Pois, permite o controle das eliminações intestinais por meio de oclusor/obturador e pelo sistema de irrigação da colostomia. (BORGES; RIBEIRO, 2015; HAHIMOTO; RODRIGUES, 2012; PAULA; CESARETTI, 2014c; SANTOS; CESARETTI; LIMA, 2015).

Oclusor/Obturador
Sistema de irrigação da colostomia