Sistemas de fístulas

 
 

Sobre

Muitos produtos destinados ao cuidado de estomias e feridas podem ser aplicados aos cuidados de fístulas. Dessa forma, é necessário que o enfermeiro esteja atualizado em relação a tais recursos. Entre eles compreendem-se bolsas coletoras, de uma ou duas peças, e adjuvantes para proteção e tratamento da pele.  (LEITE; CESARETTI; 2015).

A bolsa coletora, específica para o cuidado de fístulas (Figura 1)é fabricada nos tamanhos pequeno, médio e grande, em peça única, com base adesiva maior que as das bolsas coletoras para estomia. (LEITE; CESARETTI; 2015).

Figura 1: Sistema para fístulas

Componentes do sistema para tratamento de fístulas

O sistema para tratamento das fístulas é constituído por vários componentes. Além disso, apresenta tamanho diferenciado (maior do que as demais bolsas) e características específicas (LEITE; CESARETTI; 2015):

Características
Adaptação da bolsa em fístulas com abertura em ferida cirúrgica;
Abertura na parte anterior, do tipo janela, para tornar possível o acesso à fístula;
Uma ou duas aberturas inferiores para drenagem do efluente, com fechamento valvular, que pode ser cortado para adaptação de clamp de fechamento.

Sistema para tratamento de fístulas

1

Grade de demarcação: possibilita que o recorte seja feito no tamanho e no formato exato da fístula.

2

Plástico protetor transparente: permite que o profissional marque o formato da grade de demarcação sem o contato com a fístula, evitando contaminação.

3

Base adesiva: em três tamanhos (pequeno, médio e grande) e em formato de flor para melhor adaptação e conforto do paciente.

4

Janela de proteção: permite acesso a fístula.

5

Canal de drenagem: fácil de utilizar permitindo a irrigação da fístula de drenagem pelo cateter.

6

Clamp para fechamento: desenhado anatomicamente.